.
.

Acessibilidade

Aumentar Fonte
.
Diminuir Fonte
.
Fonte Normal
.
Alto Contraste
.
Libras
.
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Mapa do Site
.
Acesso à informação
.

Seg à sex - 8:00 às 11:30 e 13:00 às 17:30.

gabinete - Quinta-feira, 19 de Outubro de 2023

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Prefeitura de Soledade decreta situação de emergência em razão das chuvas

Somente em outubro, Município registrou 359,6mm de chuvas, o que causou diversos danos na cidade e interior


As chuvas tem persistido em cair semanalmente no Rio Grande do Sul, o que tem causado diversos problemas de ordem estrutural aos Municípios gaúchos. Em Soledade, somente em outubro, já foram 359,6mm de precipitações, causando inúmeros danos na cidade e interior, o que justifica a decretação de situação de emergência.

 

O Decreto nº 13.948/2023 foi assinado pela prefeita Marilda Borges Corbelini nesta quarta-feira, 18/10, conforme parecer da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil. Documento é favorável a declaração de situação de anormalidade, atribuindo intensidade nível II, devido as enxurradas.

 

As chuvas intensas que caíram no dia 17/10 provocaram vários pontos de alagamentos em vias urbanas e residências, danos em estradas vicinais e queda de muros de contenção. “Somado a isso, temos ainda consequências de eventos ocorridos no último mês, como a queda parcial do calçamento junto a ponte sobre o Arroio Bernardina”, assinala Aline Moraes Maciel.

 

A coordenadora da Defesa Civil Municipal informa ainda os prejuízos na agricultura. “Conforme laudo da Emater, tivemos perdas diretas nas culturas, especialmente o trigo, calculadas na ordem de 40%, que somam mais de R$ 31 milhões. Então são vários fatores que nos levam a decretar situação de emergência”, justifica.

 

Aline explica que agora se aguarda a homologação pelo Estado e União, que geralmente acontece em uma semana. “Já a liberação do recurso acontece entre 60 a 90 dias, e os valores só podem ser utilizados na finalidade descrita. Também tudo é fiscalizado e prestado contas para a Defesa Civil”, salienta.

 

De forma emergencial, o Município disponibilizou todo o aparato disponível para minimizar os efeitos da enxurrada, bem como assistência aos afetados. “Trabalhamos na desobstrução de vias, desentupimento de bueiros, reparos em tubulações e atendimento de chamados relativos a pontos de atoleiros nas estradas do interior”, finaliza a prefeita Marilda Borges Corbelini.

334 Visualizações

Notícias relacionadas

Voltar para a listagem de notícias

.
.

Calendário de eventos

.
.

Acompanhe-nos

.
.

Prefeitura Municipal de Soledade - RS.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.