.

Acessibilidade

Aumentar Fonte
.
Diminuir Fonte
.
Fonte Normal
.
Alto Contraste
.
Libras
.
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Mapa do Site
.
Acesso à informação
.

Seg à sex - 8:00 às 11:30 e 13:00 às 17:30.

Saúde - Quinta-feira, 02 de Fevereiro de 2023

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Fevereiro Roxo

Fevereiro Roxo foi criada em 2014 como forma de conscientizar a população em relação a Lúpus Eritematoso Sistêmico, Alzheimer e Fibromialgia e visa informar as pessoas sobre a importância do diagnóstico precoce em casos como esses.


Fevereiro Roxo


Fevereiro Roxo foi criada em 2014 como forma de conscientizar a população em relação a Lúpus Eritematoso Sistêmico, Alzheimer e Fibromialgia e visa informar as pessoas sobre a importância do diagnóstico precoce em casos como esses.


Apesar de serem distintas, as doenças têm em comum o fato de não possuir cura, um dos problemas que impedem o diagnóstico precoce para essas doenças é a identificação de seus sintomas, motivo que reforça a importância de um diagnóstico correto para que o tratamento seja feito de forma eficaz, adequado e seguro. Assim, proporcionando bem-estar e qualidade de vida.


As terapias medicamentosas e tratamentos complementares como fisioterapia, acupuntura, atividades físicas, terapia e outros são importantes para que a pessoa volte a ter condicionamento, melhorando seu humor, mobilidade, capacidade cognitiva, e oferecendo qualidade de vida.


Lúpus
O Lúpus é caracterizado como um distúrbio crônico que faz com que o organismo produza mais anticorpos que o necessário para manter o organismo em pleno funcionamento. Os anticorpos em excesso passam a atacar o organismo, causando inflamações nos rins, pulmões, pele e articulações. Segundo o Ministério da Saúde, o Lúpus Sistêmico (Les) é a forma mais séria da doença e também a mais comum afetando aproximadamente 70% dos pacientes com Lúpus. Ele afeta principalmente mulheres, sendo 9 em 10 pacientes com o risco mais elevado durante a idade fértil.


• Fibromialgia
Já a Fibromialgia ataca especificamente as articulações, causando dores por todo o corpo, principalmente nos músculos e tendões. A síndrome também provoca cansaço excessivo, alterações no sono, ansiedade e depressão. A doença pode aparecer depois de eventos graves como um trauma físico, psicológico ou mesmo uma infecção. O motivo pelo qual pessoas desenvolvem a doença ainda é desconhecido. No Brasil, a Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR) calcula que a fibromialgia afeta cerca de 3% da população. De cada 10 pacientes com fibromialgia, sete a nove são mulheres.


• Alzheimer
O Alzheimer é uma doença neuro-degenerativa que provoca o declínio das funções cognitivas, reduzindo as capacidades de trabalho e relação social. Com o passar do tempo, ela também interfere no comportamento e personalidade da pessoa, causando consequências como a perda de memória. O Alzheimer é a causa mais comum de demência – um grupo de distúrbios cerebrais que causam a perda de habilidades intelectuais e sociais. No Brasil, existem cerca de 15 milhões de pessoas com mais de 60 anos de idade. Seis por cento delas têm a doença de Alzheimer, segundo dados da Associação Brasileira de Alzheimer (Abraz).

Facebook Twitter WhatsApp Imprimir

572 Visualizações

Notícias relacionadas

Voltar para a listagem de notícias

.
.

Calendário de eventos

.
.

Acompanhe-nos

.
.

Prefeitura Municipal de Soledade - RS.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.